skip to Main Content

Ativação

Ativação é quando uma marca em vez de querer vender, te leva para tomar um chopp.

Uma ação de ativação visa proporcionar uma experiência única, envolvendo pessoas e marcas e, fazendo com que haja reconhecimento de seu valor e de sua utilidade no dia a dia. É isso mesmo, não basta ser vendedor de um produto/serviço.

É necessário associar emoções e sentimento de pertencimento. Numa comunicação tradicional uma marca enumera suas próprias qualidades, enquanto que em uma ativação ela abraça efetivamente os seus clientes e mostra de fato o quanto eles são importantes, conquistando assim seus corações. Simples assim.

Nós da Enzimas utilizamos diversos recursos com muita criatividade e originalidade, gerando assim, idéias inovadoras na abordagem dos clientes em potencial. Lembrando que uma ação de ativação tem responsabilidade de estar alinhada com o posicionamento da marca, adequando sua linguagem ao perfil do consumidor.

Para garantir o sucesso da ação é preciso estudar o cenário, as particularidades do evento ou local, conhecendo a fundo as tendências e, principalmente o público que se vai atingir para acertar na forma de atuação.

Por exemplo, em um dia de sol, uma ação pode ser ótima até às 16h e péssima a partir desse horário. Ou, maravilhosa no calçadão da praia e sem resultado na areia perto do mar. É tudo uma questão de conhecimento e de avaliação minuciosa.

Objetivos da ação

Além de dialogar com o público e criar uma experiência com a marca, as ativações tem objetivos variados que vão influenciar diretamente na condução e logística da ação. Esses objetivos podem ser captação de leads, fidelização, exposição da marca através das redes sociais, experimentação de produto e muitos outros. Para cada um desses objetivos existe uma solução a ser pensada e elaborada com muita atenção. A Enzimas trabalha com eventos sob medida para cada necessidade, priorizando resultados, tanto para as marcas quanto para seus clientes.

Case

Restaurante
João Sexto

Selecionamos em nosso portfólio um case de ativação que também utilizou elementos de guerrilha. O desafio era atrair novos clientes para um restaurante que enfrentava problemas por conta da mudança de nome (“Kombinado” para “João Sexto”) e de sistema, com a troca da comida a peso para à la carte.

Era preciso agir com rapidez e inteligência. E após traçada uma estratégia bem elaborada, a Enzimas entrou em ação para mais um case de sucesso. E o Resultado não poderia ser outro. O restaurante atingiu em apenas 3 dias, 100% do faturamento da casa, livrando-se do problema principal. A ação ainda conquistou Ouro na categoria Ação para Varejo no Prêmio Colunistas Rio.

Analisando a situação

  • Por se tratar de um restaurante no centro da cidade do Rio de Janeiro, possuía um público potencial todos os dias.
  • Esse público trabalha no entorno e decide onde vai comer na hora ou poucas horas antes (entre 10h até às 14h, aproximadamente).
  • O estabelecimento deveria ser apresentado com uma nova pegada.
  • O restaurante teve perda significativa de seus clientes por conta de mudanças do nome e no sistema.
  • Um approach bem executado será capaz de proporcionar ao público uma mudança de hábito, resultando na escolha de outro restaurante.

Estratégia

  • Posicionar a ação em locais de grande fluxo de pessoas.
  • Utilizar locais próximos, até 3 quarteirões de distância.
  • Trabalhar no horário definido como ideal, entre 10h e 14h.
  • Montar “algo” que encantasse e nos permitisse a abordagem.
  • Entregar material gráfico com fotos dos pratos do cardápio, pra dar água na boca.
  • Esse “algo” deveria ter uma ligação direta com o nome “João Sexto”.

Solução

  • Transformar o “algo” em um personagem de época, flutuando misteriosamente.
  • Trabalhar em locais próximos à grandes edifícios que proporcionem um fluxo contínuo de pessoas e se localizem nos arredores do restaurante.
  • Abordar o público e dar informações, convidando-os para a experiência.
  • Conseguir cativar as pessoas de forma que se permita interagir com as mesmas estimulando a sua participação.
  • Definir o roteiro num raio de aproximadamente 500 metros, ou seja, 6 quarteirões.
Back To Top